Sua história contada num livro por um “Ghost Writer” ou “Escritor Fantasma”


Hoje, 25 de julho de 2010, é dia do escritor. Essa data comemorativa surgiu na década de 1960 com o 1º Festival do Escritor Brasileiro, organizado por Jorge Amado e João Peregrino Júnior, autores de “Gabriela, Cravo e Canela” e “Histórias da Amazônia”, respectivamente.

Resumindo, é um belo dia para falar sobre “Ghost Writer” ou, se você preferir, em português, “Escritor Fantasma“.

25 de julho de 2010, Dia do Escritor. É um excelente dia para falar sobre o trabalho do "Ghost Writer" ou "Escritor Fantasma". Desenho: Zsuzsanna Kilian

25 de julho de 2010, Dia do Escritor. É um excelente dia para falar sobre o trabalho do “Ghost Writer” ou “Escritor Fantasma”. Desenho: Zsuzsanna Kilian

Nesse post, vou usar o termo aportuguesado “Escritor Fantasma”. Leia abaixo uma definição simples de seu significado:

Escritor fantasma é aquele que escreve uma determinada obra, mas não a assina. Quem assume a autoria dessa obra é um contratante.

Como você pode perceber, existe um “q” de mistério nessa ocupação e isso, por si só, já é empolgante. Tão empolgante que acabou se tornando tema de um filme. Acompanhe abaixo o trailer de “The Ghost Writer”:

Leia mais deste post

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: